.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Eu vou conseguir!

.favorito

. a sós... com o coração

. Oração a Mim Mesma

. Que dia é este?

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds


Sábado, 22 de Março de 2008

Eu vou conseguir!

É mesmo uma boa frase para começar o dia. E foi com estas palavras que a minha irmã (excelente conselheira) me mandou começar os meus dias: sempre a acordar, o mesmo ritual diário: Eu vou conseguir!

Diz então então a minha maninha, que com isto vou atrair boas energias, primeiro para mim mesma, e que consequentemente para os que me rodeiam, e que só eu andando de espírito aberto e hoptimista, é que as coisas boas podem surgir!

Porquê que então, mesmo concordando com ela , dando-lhe até uma certa razão, não consigo arranjar maneira de me encher desse optimismo que tanto preciso?

Bolas que a miúda é nhurra!

Chego a me revoltar comigo mesma, e mesmo assim não vai lá!

Hoje por exemplo outro dilema: podia ir vê-lo, dar mais uma hipótesse a algo acontecer, mas estou a uma hora e tal de caminho de lá, o que significa que se por um lado me apetece cagar para os kilometros de distância e correr para lá e contentar-me em vê-lo e trocarmos aqueles nossos olhares habituais, por outro lado estou sem coragem de o fazer, pois sei que, se acontece tal como eu estou a dizer, se me disponho a fazer isso para depois não passar dos tais olhares e pouco mais, vou vir de lá pior do que já estou, mais desanimada, mais triste, mais deprimida, e fonix eu não quero isso!

Eu não aguento mais nada de mal! 

Tenho que me conformar pelos vistos, e como sempre, pensar que não vale apena me andar a consumir, em arranjar maneiras de que as coisas possam acontecer, porque se tiverem que acontecer, acontecem, e além de que agora também o meu bom senso me diz que também não tenho nada que me expôr mais, já dei a entender o que tinha a dar, já fiz mais do que se calhar devia ter feito, agora é msmo deixar andar e o tempo correr..

Só não me arrependo do que fiz, porque se não, o tormento era o da dúvida de como teria sido se não o fizesse, e aos trinta anos, mesmo não sendo facil para mim, para a minha maneira de ser, prefiro começar a não deixar de tentar, nem que isso me magoe mais, mas pelo menos não me ando a questionar  "e se...?" que essa sensação consegue ser ainda mais agonizante.

Por agora vou tentar passar o resto do fim de semana da melhor maneira, já que para fazer a vontade á minha peta, é que estou tão longe daquele bandido, mas o quê que agente não fáz  pelos nossos filhos??? E não é a minha menina que vai sofrer as consequências desta minha ansiedade, pois se é ela a melhor coisa que tenho, e que mais alegrias me dá...! Minha riquinha! 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: A tentar
música: Quando a chuva passar
tags:

publicado por coisasdecoracao às 07:57

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito